A palavra voa e atravessa todas as fronteiras do conhecido

O poder da palavra pode chegar a todos os lugares e também pode ser muito mais do que apenas um som.

Compartilhar:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
poder da palavra

As palavras têm o poder de voar além de seus limites. Elas têm o poder de existir além de suas restrições. A palavra pode ser qualquer coisa que você quiser. Ela pode ter o poder de fazer qualquer coisa que você quiser. Pode ser um pássaro batendo as asas, uma borboleta voando, uma pipa flutuando no céu. A palavra, em certo sentido, é um pássaro, uma borboleta, uma pipa. É o que você pensa que seja. Você tem o poder sobre o que significa, o que faz, como voa, como vive. A palavra pode ser ilimitada em sua imaginação.

O poder da palavra pode chegar a todos os lugares e também pode ser muito mais do que apenas um som. Pode ser um som e um significado e muito mais do que apenas uma frase.

As palavras podem transmitir ideias, introduzir novas e ser usadas para formar frases.

O poder da palavra não vem apenas do som ou de seu significado, mas também por causa de como ela pode ser usada para formar frases. Essas palavras podem criar conversas tão poderosas e um significado profundo, bem como possuem uma habilidade tão poderosa por causa de seu amplo alcance.

O poder da palavra, embora seja limitado em alguns aspectos, também é ilimitado em muitos outros.

A palavra é uma entidade espiritual e nós, como seus zeladores, devemos ensiná-la a voar, mas não completamente fora das normas da sociedade. Por exemplo, podemos ensinar a palavra a ser verdadeira e evitar fofocas, mas não a ensinaremos a ser rude ou desrespeitosa.

Podemos querer que a palavra seja generosa e atenciosa, mas não encorajaremos a palavra para roubar e trapacear. Podemos querer que a palavra seja responsável e usar o bom senso, mas não permitiremos que a palavra passe completamente sem controle e faça o que bem entender.

O poder da palavra em tudo

A maioria das pessoas e culturas ao longo da história acreditam que as palavras podem voar. Na verdade, em muitas culturas, as palavras e a linguagem são poderosas e capazes de grande influência.

Na Bíblia, a palavra é frequentemente usada em diferentes contextos para simbolizar o poder da linguagem. Pode-se encontrar muitos exemplos como em Isaías 55:11: “Assim será a minha palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, mas realizará toda a obra que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei.”

Mas isto não é apenas um tema bíblico. O poder da linguagem também é proeminente em muitas culturas e religiões asiáticas e africanas nas quais as palavras e a linguagem são vistas como divinas e, em alguns casos, até profanas.

A palavra pode voar e inspirar uma atitude construtiva. Muitos grandes artistas e escritores como Dante Alighieri, William Shakespeare e Homero usaram metáforas e ferramentas linguísticas para ampliar o significado de certas frases e palavras. Desta forma, o artista ou escritor poderia contar uma história diferente, ou compartilhar uma ideia diferente. Usaram bem o poder da palavra.

LEIA  Aumente o poder de sua escrita com Programação Neurolinguística

Jornais e aplicativos de mensagens instantâneas como o WhatsApp e o mensageiro instantâneo do Facebook, usam emojis e texto para se comunicar e representar uma ideia. Desta forma, uma ideia pode ser enviada de um lugar para outro usando diferentes idiomas. Por exemplo, um rosto sorridente pode significar o mesmo para um falante de inglês e para um falante de português. Desta forma, ambas as partes podem entender que a outra parte está feliz.

Indo além, a palavra é capaz de sobrepujar os seus limites pessoais e trazer uma lufada de ar fresco para uma atitude construtiva.

Neste mundo que está sempre mudando, é difícil ter disciplina e autocontrole sobre tudo o que está acontecendo. Quando as pessoas sentem como se tivessem sido empurradas aos seus limites, é importante ter uma atitude positiva e construtiva. É fácil cair sob a pressão e perder de vista tudo que é bom em sua vida, quando você sente que não pode mais dar um passo atrás e olhar o que você é, o que você sabe e o que importa para você. Quando você sentir que a única coisa que você pode fazer é desistir, lute para ter uma atitude transformadora e apele para o poder da palavra gravando em sua mente: “não desista!”.

Palavras realistas

Sempre somos influenciados por um conhecimento passado, sem parar para questionar se estamos certos. É muito fácil crer que estamos sempre certos sem fazer a reflexão necessária, e aí a palavra voa e o nosso pensamento se limita a um pensamento fragmentado, que é incapaz de abordar as questões através de uma perspectiva mais realista, de como você é e como você funciona.

Por isso a importância de pensar realisticamente. Ter clareza na mente, pisar no chão firme da realidade e soltar os pássaros para voar!

Em filosofia a forma das palavras precisa ser exata e também o conteúdo, por isso a necessidade de viver em sintonia com a realidade. Uma das principais razões para viver de maneira mais realista é para evitar a decepção. Pense nisso, você pode planejar tudo o que quiser para alguma coisa, mas pode não acontecer. Todos nós sabemos a decepção que você recebe quando isso acontece. É melhor ser realista e se preparar para essa possibilidade do que se decepcionar quando isso não acontecer. A palavra neste caso: realismo.

Contudo, pode ser mais inteligente escolher o pensamento positivo já mencionado como ótima ferramenta para lidar com as adversidades que não raro a realidade nos mostra. Por isso, pensar de forma otimista é importante. Quando pensamos positivo, estamos utilizando todos os mecanismos do nosso cérebro e mente a fim de pensar e usar o poder da palavra. Quando o pensamento negativo aparece, estamos utilizando apenas parte do nosso cérebro. Pensando otimista, você terá mais energia e disposição, desempenhará melhor suas tarefas diárias, e terá uma condição melhor de barrar o negativismo que quase sempre vem para sabotar sua atitude positiva.

LEIA  Confiar em seu coração: escreva com alma em 5 etapas

A palavra de otimismo pode aparecer de forma óbvia quando nos concentramos em pensar de forma realista. Tendo ideias e perspectivas positivas podemos ver que, por exemplo, em toda adversidade que enfrentamos, pode ser que toda a situação esteja se encaminhando para um bom resultado. Falar sobre o que podemos fazer para melhorar um problema pode nos fazer pensar sobre várias possibilidades para solucioná-lo. Por isso é recomendável ter em vista palavras que ativam os gatilhos de otimismo para não deixar a mente chafurdar em suas elucubrações negativas.

Palavras escritas

Já quando pensamos em escrever, as palavras podem variar muito também. Os tipos de palavras oferecem aos leitores diferentes experiências com textos. Alguns amam palavras bem elaboradas, enquanto outros desejam uma experiência que seja mais intuitiva. É preciso aprender a escolher os tipos de palavras para usar na escrita, a fim de aumentar a qualidade e o engajamento com um público potencial.

As palavras são como qualquer outra ferramenta em seu arsenal quando você está escrevendo. Existem vários tipos de palavras diferentes que você pode usar, com diferentes significados e implicações. Você precisa ter cuidado ao escolher o tipo de palavra que deseja usar na sua escrita, para se certificar de que está sempre na mensagem e se comunica com clareza. Escolher a palavra certa para comunicar seu tom também é importante. Assim como escolher as palavras corretas que o ajudarão a evocar em suas palavras a emoção que você deseja que seus leitores experimentem.

Ainda sobre o tom das palavras, atentar para o contexto individual do documento ou trabalho que você está escrevendo terá um efeito significativo no tom das palavras que você usa. Para artigos de pesquisa, você precisará usar um tom de palavras diferente do que usaria para um blog curto por exemplo. O vocabulário que você usa também depende do tipo de documento no qual está trabalhando. Por exemplo, se você estiver escrevendo uma obra de ficção, precisará usar um vocabulário diferente do que usaria se estivesse escrevendo uma tese.

Por fim, podemos dizer que encontrar um tom que funcione para o seu documento, projeto, blog, livro, roteiro, etc. implica no uso de palavras e elas são genuinamente importantes. Pode exigir um pouco de experimentação, prática, jeito, habilidade, mas o certo é que elas podem voar muito longe e além de seus limites. Só dependem de um continente apropriado, isto é, uma mente com asas e pés firmes no chão.

Fique Conectado

Conteúdo sempre atualizado