Escrita Katakana adota palavras estrangeiras para se representar?

A escrita Katakana é usada para representar palavras estrangeiras que foram adotadas no idioma japonês. Estas são palavras que não são de origem japonesa.

Compartilhar:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
escrita katakana

O alfabeto Katakana é um silabário usado na língua japonesa. A escrita Katakana é usada para representar palavras estrangeiras que foram adotadas no idioma japonês. Estas são palavras que não são de origem japonesa.

Mas Katakana é um alfabeto japonês, usado para escrever palavras em Ainu, Croata, Grego, Havaiano, Havaiano, Hindi, Polonês, a língua Ainu, Mongol, Sânscrito, Espanhol, Turco, Uigur e Vietnamita. É um dos dois alfabetos do sistema de escrita japonês, sendo o outro o Hiragana.

Katakana é usado principalmente para palavras que são emprestadas de outras línguas, palavras que existem em japonês e outras línguas e termos técnicos ou científicos.

Katakana é composto por 46 caracteres que podem ser escritos horizontal ou verticalmente. Alguns dos caracteres katakana são versões simplificadas dos usados no silabário Hiragana.

Os caracteres também são usados em palavras internacionais para representar os sons de outros idiomas que não possuem caracteres.

A escrita Katakana também é usada para escrever nomes pessoais não japoneses.  As letras individuais do alfabeto Katakana são do mesmo tamanho que a escrita latina.

Também é importante notar que a escrita Katakana raramente é escrita de forma isolada em japonês moderno. Em vez disso, é geralmente usado em combinação com a escrita  Hiragana na escrita do dia-a-dia.

A escrita Katakana é usada para escrever palavras de uma forma diferente para Hiragana que não tem letra separada para consoantes. Katakana também inclui sons não encontrados em Hiragana, como o som ‘ng’ na palavra ‘rei’.

Na realidade, o que torna o Katakana diferente do Kanji é a fonte de estilo mais simplificada e angular dos caracteres. Por exemplo, a palavra “ka” em Katakana seria representada pela letra “k”. Este estilo de escrita é frequentemente usado em videogames e em algumas comunidades online japonesas.

LEIA  Aumente os acessos ao seu site com os snippets inteligentes

Na realidade, Katakana é uma língua que possui um sistema de escrita próprio e é bastante simples para aprender. E, como todo sistema de escrita, não é necessário decorar todas as letras da língua, mas apenas as que são utilizadas mais frequentemente.

Os caracteres de Katakana correspondem aos caracteres de Hiragana na ordem direta, por isso é possível transpor uma palavra de Hiragana para Katakana simplesmente trocando as letras. É possível também usar ā, ī, ū, ē e ō no Katakana.

Sendo Katakana uma série de caracteres de origem oriental, ele se assemelha ao alfabeto de letra de forma abreviada.

Os caracteres que são abreviados neste alfabeto são da pronúncia específica para as palavras japonesas do idioma. Por exemplo, “Nihon” é japonês para “Japão”.

O uso do Katakana requer a aplicação de apenas um elemento: a consciência. Sim, a aplicação do katakana requer cuidado, mas requer que você tenha a mente propícia à consciência sobre a consoante que você está escrevendo seja qual for.

Alfabeto e letras do idioma japonês

Então, se você quiser aprender alfabetos japoneses, comece sabendo que o japonês tem três alfabetos: 1) Hiragana; 2) Katakana e 3) Kanji, sendo o Hiragana o mais popular dos três.

Todos os sons em japonês são representados em um desses alfabetos. As sílabas do japonês são geralmente combinações de consoantes e vogais, que se combinam para formar palavras.

O Katakana é considerado muito mais difícil de dominar do que o Hiragana, porque oferece muito mais flexibilidade. Ao contrário do Hiragana, os caracteres de Katakana representam sons diferentes.

Letras especiais

Uma das maneiras mais rápidas de aprender um novo japonês é começar a usar Hiragana e Katakana. Essas duas formas de escrita em japonês permitem que o aluno (a) leia e escreva frases simples. Além deste, duas outras escritas japonesas são o já citado Kanji e Rōmaji, embora possa ser mais difícil aprendê-los.

LEIA  Os pilares da criação do empreendedor

Lembrando que no alfabeto Katakana há sílabas representadas por diferentes combinações de símbolos. Por exemplo, há dois símbolos que se combinam para representar “chuva”. Além disso, algumas letras são pronunciadas com pronúncias diferentes, dependendo da palavra com a qual estão emparelhadas.

Convém saber que “a” e “e” são iguais no Katakana. Outra coisa interessante é que a linha que mostra onde as palavras começam está sempre no topo à esquerda, mesmo que você esteja escrevendo no lado direito.

escrita katakana

Imagem do Canal Benkyou

Escrita Katakana Hipocorístico

Os japoneses utilizam murais para escrever, por trás dos mesmos podem-se ver os famosos grafites da pop art.

Para escrever em Katakana hipocorístico, é necessário que o estudante memorize todas as letras que compõem o idioma.

O estilo de escrita Katakana pode ser lido como um telegrama e é frequentemente usado na indústria de quadrinhos. Os artistas usam katakana-iroha para representar efeitos sonoros e onomatopeias. Também tem sido usado para representar o diálogo em uma língua estrangeira ou outras formas de linguagem escrita quando uma pessoa não entende ou não sabe falar em japonês.

 

 

 

Fique Conectado

Conteúdo sempre atualizado