Se escrever é natural, como vem o hábito de escrever sem forçar?

Como construir o hábito de escrever sem forçar?

Compartilhar:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
escrever sem forçar

Como construir o hábito de escrever sem forçar?

Acredito que todos nós temos um pouco de escritor em nós!

Escrever é uma forma de expressar nossos sentimentos, mostrar nossas emoções. A escrita é um exercício de imaginação que podemos moldar para nosso gosto. Não importa se você é bom ou ruim, apenas tente escrever!

É natural para você escrever?

Não importa se você é um escritor de sucesso, uma pessoa que escreve bem ou um ser humano que gosta de escrever. Mas certamente você gostaria de fazer o seu trabalho ainda melhor. E é provável que você tenha alguns desafios para fazê-lo.

A maioria das pessoas quando chega a este ponto se sente desanimada e pensa que não está qualificada para escrever. 

Nesse momento, as pessoas paralisam seus pensamentos e não querem ir mais longe. Mas esta é a hora crucial em que você não vai assistir, só vai expressar sua opinião com muito pouca vergonha. Isso é uma grande oportunidade de deixar sua impressão em pessoas que você não conhece.

Esse é o melhor momento de dizer tudo o que você precisa dizer. Mas é difícil dizer tudo o que você precisa dizer. Muitas vezes, o que você realmente quer dizer pode não estar bem claro.

Você precisa aprender a organizar bem as ideias antes de escrever. É necessário, no início, ter um bom vocabulário, ou você não pode expressar bem o seu desejo.

É necessário desenvolver a capacidade de escrever e comunicar suas ideias.  Seja honesto e direto quando escreve algo, escreva como se falasse ao telefone, direta e objetivamente. Não tenha medo de ser diferente das pessoas em torno de si. Pode dar dor de cabeça mas é doloroso quando você escreve algo que não tem muito sentido ou difícil de ser compreendido pela maioria das pessoas.

A verdade é que mesmo que você escreva em muitas línguas não vai ser útil se você não pode expressar suas ideias muito bem. 

1. Os “Meus” Hábitos de Escrita

Quando você quer construir um hábito, é importante que você entenda o que ele significa para você.

Sempre que você toma uma atitude para fazer o ato acontecer, você precisa se preocupar com os seus esforços.

No caso de escrever, é importante compreender todos os passos necessários para fazer o seu hábito de escrita acontecer. Pergunte-se o que você quer obter enquanto escreve. Pergunte-se como e quando escrever. Escreva pequenas listas para ajudá-lo a cumprir a sua meta. As pequenas coisas como você aprende a fazer ao longo do tempo irá ajudá-lo a construir o hábito de escrever.

E o que você precisa para adquirir esse hábito primordialmente?

LEIA  Chutando o bloqueio criativo para escanteio

Uma caneta e um pedaço de papel, ou, nos tempos tecnológicos, um computador com edição de textos e um monitor com tela.

Assim, você tem tudo o que precisa para escrever um ensaio, um artigo, um post comentário, um diário, um livro ou qualquer outro tipo de coisas que você queira que tenha um ponto.

O que está faltando? Só você. É você que pode determinar o seu sucesso.

Todos nós temos muito a aprender quando o assunto é escrever sem forçar. Mas, afinal, escrever é uma habilidade adquirida ou é um dom ou talento natural? A resposta está em que você vai escrever. Porque você possui talento natural. E, se for um talento natural, isso significa que é algo que você tem como parte da sua natureza e você pode ficar mais útil.

Assim, se você estiver aberto, atento e estiver disposto a trabalhar, você pode ser um excelente escritor.

Por outro lado, aprender a escrever é uma habilidade adquirida também, visto que, como toda habilidade adquirida, exige que você aprenda a praticá-lo sem ter que forçar.

Ao longo do tempo, com paciência e concentração na sua prática, praticando até que se torne natural, não apenas no esboço, mas na escrita, você começa a amadurecer gradativamente e, graças à sua prática constante, você passa a ser bastante proficiente.

O hábito mais útil no ato de escrever é arriscar a colocar as ideias em algum lugar para ver o que está pensando e como o está fazendo. Aprendizado constante no fim das contas. 

2. Encorajando Seu Desejo de Escrever sem Forçar

Por que você quer escrever?

Porque escrever atrai as pessoas. Um escritor cria histórias que parecem ajudá-lo a desenvolver suas habilidades. Para um estudante, a escrita é fundamental para a aprendizagem. Quando você escreve, você aprende a pesquisar e informar-se sobre o que você quer que o público escute.

Escrever é natural para você, mas como encorajar o desejo de escrever se isto é possível?

Por exemplo, incrementar o desejo de escrever pode ser por causa de uma grande oportunidade de criar conteúdo para aumentar o ranking do seu blog-site.

Um assunto ou tema que domine bem você pode usar para escrever sobre e contar os fatos e trabalhar para encontrar novas maneiras de fazer o seu blog-site mais atraente com o objetivo de realmente impulsionar mais tráfego para o seu site.

Isto é só um exemplo, mas pode ser o desejo de obter o doutorado numa tese, o desejo de contar uma história com imagens como num roteiro para um possível filme, o desejo de desenvolver um tema precioso, um tema que possa emocionar muita gente, etc.

LEIA  Confiar em seu coração: escreva com alma em 5 etapas

Encorajar o desejo de escrever nem sempre é uma coisa fácil; pode exigir muito esforço de sua parte.  Quando você é apaixonado pelo assunto escolhido, tente não ser apenas um bom (a) escritor (a), mas quem sabe possa querer se tornar uma referência.   

3. Como Criar um Ritmo de Escrita Natural

Vimos até então que é positivo desenvolver esse hábito natural para tornar ainda mais consistente a sua escrita.

Existem diferentes maneiras de facilitar a escrita. Encontre um horário todos os dias ou no mesmo horário todos os dias que seja melhor para você. Uma hora ou 30 minutos ou o horário que for melhor para você. Você pode escrever qualquer coisa durante esse tempo. Não precisa ser importante. Só precisa estar escrevendo.

Depois de escrever por um tempo, talvez seja melhor fazer uma pausa de alguns minutos para refrescar a cabeça e as mãos – para fazer outra coisa. Você pode decidir ler o que escreveu, editar o que escreveu ou mudar o que foi escrito. Não importa se é literatura, ou blogs, ou e-mails, ou cartas. Facilite a escrita tornando o tempo dedicado à escrita não negociável.

Ao acordar de manhã, nos horários em que deveria estar fazendo uma pausa (almoço ou intervalo da tarde) durante o seu tempo livre, por que não escrever? Sobre o quê? Ah, escreva que você descobre!

Mas você pode estar distraído porque seu cérebro não consegue evitar pensar em outra coisa, que dirá então articular alguma coisa que possa ser escrita. Isso é porque você não se comprometeu a estruturar seu tempo de uma forma que o ajude a pensar. Você pode eliminar esse hábito. Você pode começar a escrever de uma maneira consistente que não lhe dê mais o desejo de fazer outra coisa.

Comece com alguns minutos de escrita (mais de dez minutos pode ser demais) e depois de se sentir confortável com 1 minuto, coloque-se no limite de 5 minutos.

Quando você vivenciou o começo, depois você pode levantar o nível depois de triplicar o tempo. Assim gradativamente você vai ganhando confiança com as palavras que envolvem seus pensamentos e anseios. Quando seu cérebro estiver acostumado, você pode começar a escolher o tema de sua escrita. Então você pode descobrir quais os temas você gosta e escreve melhor.

Você também pode descobrir quais tópicos você não se engaja tão bem e então evitar escrevê-lo. Tudo no sentido de facilitar o processo e quem sabe conseguir um ritmo próprio para escrever o que vai no seu coração. Afinal, escrever sem forçar é exatamente liberar o que está pulsante em sua alma.

Fique Conectado

Conteúdo sempre atualizado