Como escrever piadas engraçadas, sem susto!

Qual é o segredo para fazer as pessoas rirem? Esta é uma questão que sempre me pergunto. O que há na piada que faz as pessoas rirem?

Compartilhar:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
define piada

Qual é o segredo para fazer as pessoas rirem? O que define piada no mais das vezes? O que há na piada que faz as pessoas rirem? São questões que vire e mexe estão me rondando.

Parece perguntas carregadas de muitas complexidades, mas depois de ler uma série de artigos sobre o assunto, cheguei à conclusão de que o segredo está na relação público – contador de piadas. Isso define piada por um lado.

De acordo com especialistas em psicologia, as pessoas gostam de se relacionar com uma pessoa que é boa em contar piadas.

Em outras palavras, quanto mais as pessoas acharem engraçado um contador de piadas, mais elas vão gostar das piadas.

Além disso, pessoas que são boas em contar piadas são capazes de deixá-las mais à vontade consigo mesmas. Isso torna até a piada mais chata um pouco mais divertida.

Mas como alguém pode ser um bom contador de piadas sem um bom senso de humor?

Não acho que seja o caso. Tudo o que é necessário para ter senso de humor é ser capaz de perceber o contraste. Então, escrever apostando na sensibilidade do contador de piadas de saber dosar a piada mantendo sua relação intrínseca com o público é uma chave para o sucesso.

O que define piada é a que funciona

O que funciona como humor e piada?

Não é fácil responder a essa pergunta, assim como o que define piada também não é. Certo que qualquer um pode dizer qualquer coisa, mas é importante pensar no que fazer o seu público rir.

Tentar ser diferente, ou ter humor inteligente, as piadas nunca dizem as mesmas coisas que as outras.

Para quem escreve piada o desafio é ter a sensibilidade de criar estereótipos, que podem estar baseados em arquétipos universais, de modo que a forma vai se ajustando ao conteúdo do que pede a própria piada.

Por exemplo, criar uma falsa seriedade no tom e mudar completamente no final pode impactar muito dependendo da forma que o contador de piadas encarou o desafio das letras.

Uma piada tem uma parte que é engraçada e outra que é sarcástica, isso define piada como uma base para todas.

Recursos para o escritor de piadas

Escrever piadas pode ser divertido e encantador, desde que você esteja pronto para o feedback, então você precisa estar preparado para lidar com isso.

É importante entender que piadas, assim como qualquer arte, tem uma reação pública variável.

Algumas piadas são bem aceitas por todos, sempre trazendo um sorriso para o rosto, enquanto outras geralmente incomodam os ouvintes. Para escrever piadas é preciso ser original e pensar um pouco diferente das pessoas.

Um grande truque que nunca é mencionado é aquilo que se conta escondendo o segredo por detrás da piada. O truque lida com o fato de que às vezes é necessário esconder um objeto chocante para que a piada funcione. Isso também define piada.

Algumas dicas úteis para o escritor de piadas incluem:

  • ouvir músicas e assistir a vídeos engraçados;
  • ler piadas;
  • ler livros;
  • estudar sobre o que as pessoas riem, e por que riem;
  • observar pessoas e aprender sobre o que as faz rir.

O conhecimento do ser humano faz rir

Um truísmo moderno é saber que é preciso se autoconhecer e conhecer o outros para começar a se entender.

O ser humano é complexo na medida de sua personalidade e caráter. Mas há em toda pessoa brechas que aliviam a tensão e as fazem rir. Muitas vezes de si mesmas. Não raro, de outras pessoas.

Então conhecer o ser humano ajuda o escritor de piadas?

Sim. É preciso conhecer o ser humano para saber o que é engraçado e o que não é. Qual tipo de personalidade se inclina para o mais sutil ou o mais grosseiro das piadas. E o escritor precisa saber também isso de olho no seu público-alvo.

Conhecer o ser humano, neste contexto, significa entender as fraquezas, os medos, as dificuldades e as necessidades por detrás de cada um.

Sempre se deve começar por si só. Avançar nas descobertas de como cada um é ajuda bastante a compreender os outros com certeza.

Mas seres humanos são pessoas complexas. Piadas engraçadas demandam bons contadores de piadas. Talvez seja quando a complexidade é colocada ao nível do ridículo para que entendamos que de “pícaros” todos têm em algum grau e nível. Daí que quando a “seriedade” é barrada no baile, resta apenas a diversão garantida. É ou não é?

LEIA  5 dicas para explorar o universo da escrita pessoal
LEIA  8 tipos de histórias para escrever surpreendentemente
LEIA  5 passos para escrever bem criativamente

Fique Conectado

Conteúdo sempre atualizado